Qual é a melhor conta digital? Ranking atualizado

Autor: Estação

Atualização:


Saiba aqui o que é um banco digital, como funciona e todos os serviços que ele oferece

À primeira vista, os benefícios de um banco digital são muito semelhantes aos de um banco convencional. Todos os serviços prestados são de qualidade e o atendimento, que é feito exclusivamente online, é um diferencial.



As plataformas digitais de cada banco são feitas para pagamentos, transferências e depósitos. E a grande porta entrada para a maioria desses bancos, é, sem dúvida, a conta corrente virtual. 

Através dos aplicativos dos bancos, o usuário tem acesso à entradas e saídas de seu dinheiro,  emissão de boletos e os demais serviços prestados pela instituição.

O que é a conta digital?

Conta digital é um serviço prestado por Fintechs, com intuito de atingir o público que busca um sistema financeiro mais tecnológico que físico.

Uma vez utilizando dessa ferramenta, o cliente exclui a necessidade de visitas constantes em agências bancárias e uso de caixas eletrônicos, ou ainda, uso de sistemas de autoatendimento.

Os benefícios que essa modalidade oferece são inúmeros. Dentre eles, podemos destacar a internet Banking e a verificação de saldo em conta. Além disso, os registros de transações ficam sempre disponíveis.

O pagamento de contas também pode ser feito de forma automática, mensalmente, com configuração ágil e fácil. Já as transferências entre contas nunca foram de tão fácil acesso a seus clientes como atualmente.

Esses bancos disponibilizam atendimento 24 horas, 7 dias da semana. Dessa forma, o usuário jamais fica sem atendimento! Ele pode inclusive receber, por exemplo, auxílio para fazer o download ou imprimir extratos para registros fiscais ou pessoais.

Quais as vantagens de uma conta digital?

O cliente não tem necessidade de ir às agencias físicas ou aos terminais de autoatendimento para realizar operações. Isso ocorre porque nos bancos digitais, todos esses serviços são feitos online.  

Com um aplicativo, o cliente passa a ter nas mãos toda movimentação bancária em tempo real. Tem ainda atendimento personalizado a qualquer hora e gerenciamento de qualquer parte do mundo.

A conta fica acessível a todo momento, com a facilidade que um banco convencional muitas vezes não consegue oferecer. E tem ainda outra vantagem:  as contas digitais contam com anuidade baixa ou zero, o que atrai muito quem busca bons preços.

Banco digital é mais seguro que banco tradicional?

Bancos digitais e tradicionais possuem o mesmo nível de segurança. Ambos utilizam de infraestruturas parecidas e precisam se adequar às mesmas regulamentações.

Ademais, empresas do setor bancário precisam de credibilidade para não quebrarem. Muito do seu modelo de negócio está em volta da confiança que o cliente tem com a instituição. Afinal, você deixaria seu suado dinheiro em um lugar que não confia?

Além disso, novas e mais restritivas normas estão sendo colocadas sobre os bancos digitais. Isso é importante para a segurança de dados dos consumidores.

Aliado a isso, está também a nova Lei Geral de Proteção de Dados, que possibilita um ambiente mais seguro para todos.

Ainda faz sentido ir até uma agência bancária? 

Atualmente, ir em agência é mais questão de preferência do que qualquer outra coisa. Afinal, ter que ir às agências para resolver alguma pendência ou solucionar uma dúvida não é nada eficiente e barato.

Escolher um banco tradicional é entender que você pagará muito mais caro para ter esse atendimento presencial. Isso porque manter agências e empregados é muito custoso, e esse custo será repassado para você nas tarifas bancárias.

Entretanto, há pessoas que preferem o atendimento presencial e não ligam para pagar a mais por isso.

De todo modo, ir em agências é sinônimo de burocracia, lentidão e altos custos. Se você quer mais praticidade, economia e um atendimento agilizado, o banco digital será a melhor opção.

Afinal, se você precisar resolver algum problema com um pagamento, apenas abra o chat e pronto. Dependendo do banco, seu problema é resolvido em menos de 1 hora. Enquanto isso, em um banco tradicional você teria que ir na agência, esperar na fila, depois outra fila, explicar o problema, aguardar mais um pouco…

Para quem está sempre viajando, o banco digital é ainda melhor nesse quesito. Afinal, um banco com agência, você só pode resolver seu problema naquela que sua conta está registrada.

Banco digital é a mesma coisa de banco digitalizado?

É muito comum as pessoas confundirem Banco Digital com um banco digitalizado. Acontece que todo Banco Digital é um banco digitalizado, mas nem todo banco digitalizado é um Banco Digital.

Explico melhor: com um Banco Digital, todo seu relacionamento com ele se dará por canais de atendimento online, como telefone, e-mail, site e aplicativo.

Assim, não há nenhuma agência ou escritório que você possa ir para o atendimento pessoalmente.

Diferente de um banco digitalizado, que possui canais de atendimento online, como aplicativos e internet banking, mas ainda possuem agências e escritórios físicos que você pode ir.

Além disso, muitas das vezes os bancos digitalizados requerem que você compareça presencialmente na agência para realizar cadastro ou liberar acessos aos canais digitais.

Por isso, não podemos chamar, por exemplo, o Santander de banco digital. Apesar do banco oferecer aplicativos e Internet Banking, ainda há necessidade de ir à uma agência para resolver certas pendências.

Enquanto isso, o Banco Inter, por exemplo, é um verdadeiro banco digital, isto é, não há nenhuma agência ou procedimento que requer que você vá até algum lugar. Tudo é resolvido pelo aplicativo.

O que o usuário ganha ao utilizar os produtos e serviços de um banco digital? 

Praticidade, segurança, agilidade e economia. São quatro palavras que resumem a experiência em um banco digital. Apesar de ser tudo feito eletronicamente, o contato humano ainda existe.

Isso é possível através do chat com pessoas reais. Assim, é aliado um atendimento humanizado e rápido, de forma que seu problema é resolvido da melhor forma possível.

Como você não precisa perder tempo e dinheiro indo à uma agência, qualquer problema que venha ter ou dúvida, você resolve rapidamente.

Sem agências que são caras de manter, o banco consegue oferecer serviços e produtos mais baratos e outros até gratuitos. Por isso, muitos dos bancos digitais possuem contas e cartões totalmente grátis.

Isso é possível devido à sua infraestrutura enxuta, assim, as outras formas de receita que o banco tem, como os juros e as taxas do cartão cobrada dos lojistas, já é o suficiente para ser um negócio rentável.

A segurança também é um ponto forte. Esses bancos investem milhões em sistemas de proteção de dados. Com ajuda de outras ferramentas, como as carteiras digitais e cartão virtual, você possui mais segurança em todas suas compras, especialmente online.

Ah! Não posso esquecer de destacar que, a maioria das contas digitais oferecem rendimentos superiores à poupança. Assim, você tem um serviço gratuito e que faz seu dinheiro render mais!

Como escolher um banco digital para abrir minha conta?

Primeiramente, para escolher seu banco digital é importante prestar atenção às taxas e tarifas cobradas. Afinal, não é regra que uma fintech não cobra tarifas, isso vai de cada instituição.

Ademais, pode ser que o banco não cobre taxa de manutenção, mas tenha diversas outras cobranças, como para transferência. Entretanto, vemos bancos como Inter, C6 Bank e Next que não possuem essas taxas.

Outro ponto a avaliar é o rendimento da conta. Deixar seu dinheiro parado sendo corroído pela inflação é coisa do passado.

Então, avalie se o banco digital oferece e qual o rendimento da conta. Nos três bancos que citei você pode ter rendimento de 100% do CDI, que é acima da inflação!

Observe também as ofertas de cartão e seus benefícios. Assim, você tira mais vantagens de sua conta digital, mas tenha cuidado com anuidades ou mensalidades, como do Nubank Rewards.

Por fim, olhe outras ferramentas do banco digital. Por exemplo, no Banco Inter você possui uma plataforma completa de investimentos e shopping no mesmo app. No Next, você tem ótimas ferramentas para controle de gastos e planejamento de objetivos. E no C6 Bank você possui até agência de viagem!

O que o brasileiro leva em consideração antes de escolher um aplicativo de um banco?

Em uma pesquisa encomendada pelo Banco PAN ao Instituto CD, para 24% das pessoas das classes C, D e E ter confiança na instituição é o fator mais importante. Esse ponto merece destaque, pois nas edições anteriores do estudo esse critério era selecionado por menos de 1% dos entrevistados, ou seja, vemos uma mudança de comportamento dos consumidores e a forma que se relacionam com seus bancos.

O estudo demonstra que há um aumento na confiança em bancos e transações digitais. Além disso, o uso de aplicativos com mais frequência está se tornando comportamento comum aos brasileiros, com 77% (contra 51% em 2019) dos entrevistados relatando que usam os aplicativos de bancos com frequência para as transferências.

Outros fatores que os brasileiros levam em consideração, segundo o levantamento, são: ser o banco onde o trabalhador recebe o salário (37%), isenção de tarifas (28%) e, em terceiro lugar, ser um banco digital (28%).

Entre a população mais rica os dados são parecidos, com a principal razão sendo o banco onde recebem o pagamento (43%), seguido por confiança na instituição (31%) e, em terceiro lugar, “por ser um banco digital” (29%).

Essa pesquisa do Instituto CD foi realizada com mais de 1500 pessoas. A margem de erro máxima é de 2,1% com intervalo de confiança de 95%.

Saiba como escolher um banco de acordo com seu perfil

Como visto, os brasileiros levam em consideração um de três fatores principais para escolher seu banco: onde recebem seu pagamento, confiança no banco ou ser digital.

Entretanto, para você escolher um banco, é preciso analisar seu perfil. Assim, pense nos serviços que você usa, nos produtos que você precisa e na experiência que você prefere.

Dito isso, pessoas com poder aquisitivo alto têm a possibilidade de terem atendimento exclusivo em bancos tradicionais. Por exemplo, o relacionamento com o banco Santander quando se é cliente Select é totalmente diferente.

Dessa maneira, avalie: custo-benefício, experiência e produtos.

Como custo-benefício é preciso avaliar se vale a pena pagar a mais para uma cesta de serviços, por exemplo. A maioria dos bancos digitais oferecem serviços financeiros básicos de forma gratuita.

Experiência tem relação com como você prefere ser atendido. Prefere um gerente exclusivo ou resolver tudo do celular com o máximo de praticidade?

Por fim, avalie os produtos oferecidos, desde cartão de crédito, seguros, empréstimos, investimentos e outros. Aliás, não se esqueça de levar em consideração que muitos bancos digitais oferecem conta-corrente com saldo que rende mais do que a poupança diariamente.

Melhores contas digitais

Nubank

Indicação: O cliente precisa ter no mínimo 18 anos, ser residente do Brasil, estar com o CPF regular perante a Receita Federal e ter um smartphone compatível com os nossos aplicativos para Android (versão 4.4 ou superior) ou iOS (versão 10 ou superior).

O que o cartão oferece:  Transferências gratuitas e ilimitadas, portabilidade de salário, pagamentos feitos direto pelo app.

Extra/Benefício: Você pode fazer saques em qualquer caixa das redes ‘Banco24Horas’ e ‘Saque e Pague’. Cada saque possui tarifa de R$ 6,50 referente ao preço de custo por utilizar essas redes externas.

Banco Inter

Indicação: Cliente pode ter conta digital para pessoa física, jurídica e MEI.

O que o cartão oferece: TEDs e pagamentos sem tarifas, cartão de crédito sem anuidade.

Extra/Benefício: No app, você encontra vários tipos de investimento e pode escolher qual o mais adequado à sua necessidade.

Agibank

Indicação: O cliente precisa ter no mínimo 18 anos e possuir documento de identificação válido. Além disso, precisa ter smartphone com acesso a internet pra que possa solicitar a abertura da conta digital do Agibank.

O que o cartão oferece: 4 transferências entre bancos, emissão de até 4 boletos, 4 saques por mês

Extra/Benefício: O cliente pode fazer saques em qualquer caixa das redes ‘Banco24Horas’ e ‘Saque e Pague’. Cada saque possui tarifa de R$ 6,49, referente ao preço de custo por utilizar essas redes externas.

Mais Opções

Banco Inter x Nubank: Qual é o melhor?

Próximo Cartão

4 cartões de crédito para desempregados

Sobre o Estação

O Estação oferece respostas às suas dúvidas sobre cartões de crédito e contas digitais. O portal quer que você tenha certeza de que está tomando uma boa decisão. Siga o Estação no Google News.

Atenção: Para analisar pedidos de cartões de crédito, as políticas internas das instituições financeiras levam em consideração o perfil financeiro do consumidor. Por isso, é possível que um pedido seja negado em uma instituição financeira e aprovado em outra, já que cada uma usa critérios próprios para avaliação.

Mais opções para você