Como viajar sem gastar muito

Advertisement

Advertisement

Muitas pessoas engavetaram o sonho de viajar por achar que uma viagem seria inviável financeiramente. Mas será que isso é verdade?

Neste artigo, viemos com a missão de desmistificar esse assunto e te provar que é possível viajar sem passar aperto financeiro. Tudo depende do planejamento a ser feito!

O planejamento é a etapa mais importante e também a mais ignorada, infelizmente, quando o assunto é viajar.

Continue por aqui e descubra que pode haver a possibilidade de viajar ainda em 2023!

Como juntar dinheiro para viajar?

O primeiro passo para viajar é o mais óbvio: ter dinheiro.

Aí é onde entra o planejamento e é importante que ele seja feito muito tempo antes de você viajar.

Portanto, primeiro, anote toda a renda mensal que entra. Não se esqueça de que se você é casado ou mora com outras pessoas que também vão viajar, é importante que a renda mensal seja a soma da quantidade total de participantes.

Em seguida, anote os gastos que ocorrem no mês, independentemente de quais sejam. Aqueles gastos que você despreza por serem baixos demais, tipo um cafezinho, pode te levar a um gasto considerável ao final de um ano. Por isso, anote todos os seus gastos.

Agora, com essas informações do que entra e do que sai todo mês, fica mais fácil avaliar o que pode ser reduzido ou até mesmo cortado. É a partir dessa análise que você conseguirá calcular o que poderá ser economizado todos os meses. O ideal é que se consiga guardar pelo menos 10% da renda da família. Se conseguir mais, maravilha! Mas se não conseguir, comece com o que der, mas comece.

Uma boa dica para conseguir um dinheirinho que possa ser direcionado à viagem é obter uma renda extra. Pense bem no que pode ser sua renda extra: aulas particulares, afiliação em sites, venda de alimentos, revenda de produtos, programas de indicações, pesquisas online remuneradas, consultorias, venda de roupas e objetos usados, enfim… Use e abuse da sua criatividade.

E nada de guardar dinheiro em casa! Escolha uma instituição financeira que proporcione rendimentos ao dinheiro que esteja parado na conta. Alguns bancos, como o PicPay por exemplo, fazem com que o dinheiro renda mais que quando guardado na poupança. Já o Nubank, oferece a opção das caixinhas. O dinheiro fica guardado, separado da sua conta principal e rendendo diariamente. Isso é ótimo, pois qualquer quantia a mais já ajuda a concluir a viagem.

No que preciso pensar para planejar uma viagem?

Faça uma análise dos custos da viagem, respondendo a perguntas básicas, como:

·         Pra onde você vai?

·         É exigido algum documento específico para entrada no local?

·         É necessário fazer um seguro viagem?

·         Com quem você vai? Quantas pessoas?

·         A viagem será mais simples ou mais sofisticada?

·         Qual o preço médio da passagem para esse local?

·         Onde você vai ficar hospedado?

·         Como você se deslocará nesse local? Apps de transporte? Ônibus? Táxi? Metrô?

·         Onde e como será sua alimentação? No mesmo hotel da hospedagem? Em restaurantes? Lanchonetes?

·         Quais os custos dos passeios turísticos nesse local?

·         Será necessário adquirir moedas estrangeiras?

Nessa etapa, não precisa saber com exatidão todos os preços. Mas ter uma média desses gastos te permite se planejar para não passar aperto em um local longe de casa.

Depois de ter essas perguntas respondidas e definidas, siga para o próximo passo, no tópico a seguir.

Como escolher destinos mais em conta?

Para saber quais os locais mais em conta para se viajar, é necessário saber o quanto você está disposto a gastar, em qual época do ano deseja ir e qual local, nacional ou internacional, tem desejo de conhecer.

Mas para dar aquela mãozinha, preparamos uma listinha dos lugares mais em conta, no Brasil e no exterior. Pode ser que você nunca tenha pensado nesses destinos e pode ser uma boa ideia considerá-los.

Independentemente do destino escolhido, procure conversar com quem já viajou para onde você deseja ir. E se possível, pegue as melhores indicações de hospedagens e passeios. Ninguém melhor do que quem já esteve naquele local para passar as informações mais confiáveis.

Além disso, lembre-se de que viajar em baixa temporada é sempre mais em conta!

10 destinos brasileiros mais em conta

Se você gosta de viajar e de preferência sem gastar muito, fica de olho nessas dicas. Existem lugares no Brasil que você pode viajar e aproveitar bastante, e melhor: sem gastar tanto.

1. Natal (RN): Natal é uma das capitais mais populares do Nordeste, e também um dos destinos mais lindos. A cidade oferece uma oferta de hospedagens muito grande, e por esta razão, é possível encontrar hotéis, pousadas e resorts com preços variados que atendem desde as viagens simples, até as mais luxuosas. Os passeios são encontrados a partir de R$ 40,00.

2. Porto Seguro (BA): Geralmente, pela proximidade com o Sudeste, as passagens para Porto Seguro costumam sair mais em conta que as demais localidades nordestinas. As estadias mais baratas ficam no centro da cidade, mas longe das praias. No entanto, isso não é problema pois até o trajeto do transporte público cobre a área praiana.

3. Maragogi (AL): Apesar das passagens aéreas não serem das mais baratas, o destino em si é um dos mais baratos do Brasil. A vantagem é que Maragogi fica entre Recife e Maceió. Portanto, você pode escolher a passagem que fica mais em conta. Maragogi possui hospedagens mais simples e também luxuosas, tudo depende da preferência do cliente.

4. Ubatuba (SP): Se você mora no estado de São Paulo, já começa economizando com passagem aérea, já que Ubatuba é um destino que dá para ir de carro. A região de Ubatuba concentra as praias mais bonitas do Estado de São Paulo. A oferta de pousadas é muito grande e os preços são bem competitivos.

5. João Pessoa (PB): João Pessoa é a capital mais barata do Nordeste inteiro. Na própria cidade tem vários passeios para as piscinas naturais. E se você alugar um carro, fazendo um bate-volta, é possível conhecer todo o litoral Paraibano bem rápido.

6. Cabo Frio (RJ): Da região que inclui: Arraial do Cabo, Búzios, São Pedro da Aldeia, Araruama e Saquarema, Cabo Frio é o destino mais barato. Se você mora na região Sudeste e se anima para ir de carro, já economiza com passagem aérea, o que diminui os custos da viagem. Aliás, indo de carro, a economia se estende inclusive aos passeios.

7. Foz do Iguaçu (PR): Considerada uma das 7 maravilhas da natureza no mundo, Foz do Iguaçu pode ser um destino econômico. Para isso, basta ficar de olho nas promoções de passagens aéreas. As hospedagens também saem bem em conta. Além disso, a cidade possui um transporte público muito eficiente e você pode aproveitar para fazer os passeios sem gastar tanto.

8. Canoa Quebrada (CE): Canoa Quebrada é a alternativa mais barata no Ceará. A praia tem uma beleza de encher os olhos. Além de aproveitar as praias, você também pode passear de buggy. No entanto, os passeios de buggy encarecem a viagem.

9. Socorro (SP): Para quem busca uma viagem romântica e mais em conta nas montanhas, a Serra da Mantiqueira pode ser uma boa pedida. Bem mais barato que destinos como Campos do Jordão, por exemplo, Socorro oferece muitas opções de passeios na natureza, como rafting, trilhas e quadriciclo.

10. Barreirinhas (MA): Os Lençóis Maranhenses são famosos, mas pela dificuldade de acesso, ainda não virou uma modinha. Por esse motivo, os preços de passagens e hospedagens em Barreirinhas ainda são bastante em conta.

10 destinos internacionais mais em conta

Vamos agora listar os 10 destinos internacionais mais baratos para se conhecer.

1. Portugal: Lisboa e Porto são as duas cidades indicadas para os melhores passeios. Alguns locais como o Castelo de São Jorge são apaixonantes. Para os religiosos, a atração fica por conta do mosteiro de Santa Clara.

2. Espanha: Espanha também é um dos destinos mais baratos e os destaques ficam com as cidades de Madrid e Barcelona. Há uma excursão de um dia inteiro, muito famosa, saindo de Madrid para Alhambra. O Night Sky Star Safari Parque Nacional de Teide Tenerife também é um dos pontos altos, já que é possível fazer uma observação das estrelas.

3. Croácia: Isso mesmo! Você leu certo, Croácia. E saiba que este país tem tudo para te surpreender, pois é o passeio ideal para quem busca praias e cachoeiras. Sem contar que na ilha de Hvar, você pode se deslumbrar com as construções históricas, que mostram mais da identidade do país.

4. Polônia: Uma viagem à Polônia mistura cultura, história, culinária, turismo e muita natureza. A capital tem museus importantes. Outra opção de passeio histórico é a Concentração de Auschwitz, onde é possível visitar o local histórico, com alojamentos e pertences dos prisioneiros.

5. Romênia: Se você gosta de tradições folclóricas, essa é a viagem ideal para você. Lá, você poderá visitar o Castelo de Bran, o famoso castelo do Conde Drácula e o Palácio do Parlamento, que é um dos pontos altos dos turistas.

6. Turquia: A Turquia é uma região histórica e a Capadócia, um dos destinos mais desejados por causa dos famosos passeios com balões. E estando na Turquia, não deixe de conhecer Istambul. Vale ressaltar aqui que na Turquia pode pedir desconto à vontade, por fazer parte da tradição.

7. Argentina: Buenos Aires, capital da Argentina, é a cidade mais conhecida dos brasileiros, já que a quantidade de promoções de voos para este local é muito grande. Além de ter uma arquitetura muito charmosa, Buenos Aires é uma ótima opção de viagem para casais.

8. Colômbia: A Colômbia é conhecida por ter a população mais receptiva da América Latina. Apesar de ter várias cidades lindas espalhadas por toda a extensão territorial, o recomendável é não sair de lá sem conhecer: Bogotá, Salento, que oferece um dos melhores cafés do mundo, e San Andrés, uma ilha maravilhosa, no Caribe Colombiano.

9. África do Sul: Existem voos para África do Sul saindo direto do Brasil e isso torna o destino um dos mais baratos. O país tem muitas atividades turísticas e aventureiras com reservas naturais e uma incrível diversidade de animais.

10. Marrocos: Viajar para o Marrocos pode ser uma viagem exótica e bem diferente de tudo o que você está acostumado, mas ainda assim, incrível. Não deixe de fazer um passeio às dunas do Deserto do Saara e também de provar a culinária local.

Como escolher hotéis com bom custo-benefício?

Ao viajar, uma das preocupações é exatamente escolher o melhor local para passar aqueles dias de descanso, não é mesmo?

O primeiro passo antes de escolher o hotel é fazer um roteiro do que se pretende nessa viagem. Por exemplo, se os pontos turísticos estão concentrados em um mesmo local e você está sem carro, de repente compensa olhar uma estadia que seja mais próxima. Isso faz com que você economize no transporte.

Em seguida, faça um levantamento dos valores de hospedagens. Pesquise em mais de um hotel e compare os preços e os benefícios oferecidos. É um hotel que oferece café da manhã? O que tem incluso na diária? Lembre-se de que existem hotéis que cobram até mesmo o wi-fi utilizado pelos clientes. Então, veja o que você precisa durante a hospedagem e se o hotel consegue oferecer por um preço que caiba em seu bolso.

Outro detalhe importante é se certificar de que o tamanho do quarto do hotel é capaz de comportar todos os hóspedes. Já pensou viajar com mais 3 amigos e ao chegar no hotel, descobrir que o quarto tem apenas uma cama de casal? Para evitar esse transtorno, faça a pesquisa com antecedência. Se for preciso, ligue para o hotel e converse com um atendente.

Nunca se esqueça de pesquisar a credibilidade do hotel! Confira as avaliações online e veja o que os clientes estão comentando. Ao encontrar um hotel em que muitas pessoas falam mal de seus serviços, descarte-o de sua lista imediatamente. Certifique-se de que estará em um local seguro.

Como economizar alugando carro nas viagens?

Outro item importante a ser verificado nas viagens é o aluguel de carros.

Ao locar um carro em qualquer lugar e sem pesquisa prévia, você pode ter muita dor de cabeça, além de gasto excessivo de dinheiro.

É importante que você entenda que não existe um macete para alugar carro mais barato em suas viagens. Mas existem dicas que são valiosas e que podem ajudar muito.

Existem plataformas comparadoras de preços e a princípio, elas podem ser a solução, já que vão te apresentar dentro do período e local desejado, as opções de aluguel disponíveis. O site rentcars.com faz esse serviço muito bem!

Além disso, não deixe de pesquisar diretamente nas próprias locadoras.

Se possível, reserve o carro e pague com antecedência, já que antes das datas previstas o aluguel pode sair bem mais em conta.

Procure pegar e devolver o carro no mesmo horário, pois as horas de atraso são cobradas como hora extra e podem custar até 5 vezes mais que a hora cobrada dentro da diária.

Procure usar o seguro auto gratuito oferecido pelos cartões de crédito. Para saber se seu cartão oferece essa funcionalidade basta consultar no site, aplicativo ou ainda na central telefônica de atendimento.

Por fim, preços muito baixos podem representar uma cilada. Portanto, ao observar que uma empresa oferece o mesmo carro e aluguel por preço muito mais baixo que as demais, desconfie!

E as passagens aéreas?

Assim como no caso dos carros e dos hotéis, existem plataformas buscadoras de passagens. Você determina o período de ida e volta e a quantidade de viajantes e elas te apresentam as melhores opções disponíveis.

Aliás, existem plataformas que concentram passagens, hospedagens e aluguel de carros, tudo em um único local. A Decolar.com é uma delas. Você pode buscar por cada alternativa separadamente ou tudo junto.

O grande segredo para passagens aéreas mais em conta é pesquisar e pesquisar.

Lembre-se de que viajar em períodos de alta temporada, de férias e grandes movimentações turísticas, encarece as passagens.

Existe melhor horário para comprar passagem aérea?

Primeiro você precisa entender que o preço das passagens é estipulado de acordo com a divisão das poltronas. Por essa razão, assentos exclusivos, com benefícios e até mesmo espaço extra, possuem preços diferenciados. Além disso, o preço das passagens costuma mudar à medida que a data de embarque vai se aproximando. Isso significa que quanto mais próxima da data de voo a compra for realizada, mais cara essa passagem será.

Além disso, não desconsidere a lei da oferta e da procura. Quanto mais um destino é procurado, maior será o valor da passagem.

Deu pra entender um pouquinho da dinâmica dos preços das passagens?

Pois bem, portanto, observe que ao comprar uma passagem para baixa temporada, a probabilidade do valor sair mais e conta é mais alta.

Outra dica é aproveitar períodos exclusivos de promoções oferecidos pelas companhias aéreas. A Black Friday ou data de aniversário da companhia, são algumas dessas situações.

Falar sobre um horário específico é muito difícil. Geralmente ouvimos que a madrugada é o melhor horário para comprar passagem, mas isso não é bem verdade. Mesmo na madrugada, existem voos que são concorridos e com preços muito altos.

No mais, não tem segredo: é preciso pesquisar e sempre ficar de olho nas novidades lançadas pelas companhias aéreas.

E não se esqueça de que para garantir os melhores preços, você precisa planejar sua viagem com antecedência.

Por fim, se você usa cartão de crédito e acumula milhas, é uma boa pedida verificar se o seu saldo consegue cobrir as passagens. Isso pode representar uma economia e tanto!

Agora que você já aprendeu sobre como juntar dinheiro, como escolher o destino, como escolher o hotel, como alugar carro e como comprar as passagens mais em conta, que tal começar a planejar a sua viagem ainda hoje?

Aliás, teremos o maior prazer em continuar te ajudando a otimizar suas finanças para realizar os sonhos.

Veja aqui outros artigos que também podem te interessar!

Tudo sobre as principais bandeiras de cartões de crédito

Cartão TudoAzul

Qual é o melhor sistema de milhas?