8 cartões de crédito para negativados (Score Baixo)

Autor: Estação

Atualização:


Descubra aqui os cartões de crédito aprovados mesmo com score baixo.
Cartões para negativados

Cartão Inter

O Inter é uma excelente opção de cartão para quem está negativado. Isso porque é um cartão que tem juros mais baixos que os praticados no mercado. Além disso, pensionistas, aposentados e servidores públicos federais costuma pedi-lo com frequência.



Antes de mais nada, você precisa saber que este cartão não possui anuidade. Possui bandeira Mastercard e ainda permite ao cliente, participar do Programa Master Surpreenda.

Pensando em seu bem estar e comodidade, o Inter e a Mastercard pensaram em benefícios exclusivos. Os descontos são tanto nas áreas de lazer e gastronomia, quanto na de serviços diversos.

Ademais, o limite é concedido de acordo com a margem de crédito consignável da remuneração ou benefício do cliente em questão. No entanto, a margem pode ser estendida para mais 5%, dependendo da necessidade, é real.

Mas atenção: os juros rotativos, embora sejam até 10% menor do que os do mercado, devem ser usados com cautela. Isso para que você não se torne endividado.

Por fim, este é o cartão ideal para quem está com baixo score ou até mesmo negativado. Além disso, sua aprovação costuma ser rápida e prática, já que não tem necessidade de consultas ao SPC/Serasa.

Cartão SX

Já o Cartão SX, é outra excelente opção para negativados e baixo score. O Sx já é considerado um dos queridinhos do Brasil de 2021.

Solicitado de maneira 100% digital, pode ser feito tanto por quem possui conta corrente no banco quanto por quem não é correntista. Além disso, é isento de anuidade se utilizado pelo menos R$100,00 reais em compras a cada fatura mensal de seu cartão.

Contando com funções como o Santander Pass, prazo de 40 dias após fechamento da fatura para pagamento, está disponível nas bandeiras Mastercard e Visa Gold e possibilita parcelamento em 24 vezes.

 Contudo, possui plataforma e aplicativo de controle exclusivo. Bem como agilidade nas análises de seus clientes, buscando atendê-los da melhor forma possível.

Ademais, possui plataforma exclusiva de atendimento que já cativou seus clientes. Ainda é preciso mencionar sobre os programas de fidelidade tanto da bandeira Master quanto da Visa. Ambos possuem descontos em estabelecimentos previamente selecionados.

Cartão Next

Nos últimos anos, tivemos uma explosão de novos Bancos Digitais no Brasil. E um deles é o Next, que vem conquistando seu espaço e a simpatia de seus clientes.

Por padrão, primeiramente, o Next oferece conta digital com cartão de débito. Em seguida, o cartão pode se tornar múltiplo, atuando também na função crédito. Mas isso só é possível após aprovação da análise de crédito.

Ademais, os cartões Next, além de não possuir anuidade, oferece ao cliente alguns mimos. São comuns os descontos na Uber, na Natura, na Livraria Cultura e na Cinemark, além de várias outras empresas parceiras.

Contudo, este cartão tem Bandeira Visa e o cliente também participa do Programa de Vantagens Vai de Visa. Além disso, os saques do cartão são ilimitados e totalmente gratuitos.

Apesar de realizar a análise de crédito, o Next tem oferecido bons limites, mesmo para aqueles clientes que estão negativados ou com score baixo.

Por fim, a solicitação do Next acontece 100% digital via site do banco ou aplicativo para Androis e IOS.

Cartão Trigg

Como cartão de crédito, o Trigg não deixa nada a desejar, se comparado aos cartões mais famosos do mercado.

O Trigg não está vinculado a nenhum banco. Logo, pode ser solicitado por qualquer pessoa que não tenha conta corrente.

Ao adquirir o seu cartão Trigg, você conta com uma série de benefícios, inclusive da operadora Visa, bandeira associada. A saber, o cartão possui tecnologia contactless, cashback em todas as compras e seguro de proteção de compra. Além disso, possui também assistência para cães e gatos.

Contudo, a maior novidade está nas pulseiras que substituem o cartão. Essas pulseiras contém todos os dados do chip de seu cartão e com elas, você pode efetuar as compras normalmente.

Ademais, o Trigg cobra mensalidade de anuidade. O valor de R$ 9,90 é pago mensalmente.

Cartão Superdigital

Por último, o cartão Superdigital também é super indicado para negativados ou baixo score. Isso porque ele não pede comprovação de renda e nem faz consultas ao SPC/Serasa. Pertence à fintech criada pelo banco Santander.

Superdigital é um cartão pré-pago, de bandeira Mastercard e que também oferece a participação nos programas esfera e Master Surpreenda.

Embora seja pré-pago, funciona na função crédito e possui mensalidade de R$ 9,90. Caso você tenha um gasto à partir de R$ 500,00 mensais, essa mensalidade é isenta. Vale ressaltar que ele também possui abrangência internacional.

Para adquirir o cartão, é necessário abrir uma conta digital. Esta é feita diretamente pelo app, de forma totalmente digital.

Por fim, um cartão pré-pago pode ser uma excelente opção para você se organizar financeiramente e não sofrer com surpresas desagradáveis na chegada da fatura.

Cartão BMG

Antes de mais nada, a BMG é uma das Instituições Financeiras com mais buscas e a mais indicada para você que sofre com algum tipo de restrição.

O Cartão BMG é um consignado sem consulta ao Serasa/SPC que oferece os menores juros do mercado e sua anuidade é gratuita.

Seja como for, é a oportunidade que cabe no seu bolso!

O Cartão BMG conta com as funções débito e crédito. Além disso, está vinculado a uma conta corrente – que deve ser aberta – totalmente digital.

Por fim, todo o procedimento é feito pelo site ou aplicativo, além de ser rápido e fácil.

Cartão Caixa Simples

Cartão Caixa Simples é um cartão consignado. Ou seja, em outras palavras, ao contrário de cartões de crédito convencionais, parte do valor da fatura é descontada automaticamente no benefício.

Além disso, ele não tem anuidade, e o valor da fatura é descontado sob consignação no benefício ou no salário. 

Contudo, é um cartão de bandeira Elo, isento de anuidade e feito para quem deseja efetuar compras online ou lojas físicas.

E os benefícios não param por aí. Por fim, o limite do seu crédito pode virar grana na conta: até 95% do valor quando solicitado no momento da contratação. Sobre esse valor, incorre a cobrança de juros rotativos + IOF contabilizados do dia do crédito em conta ao dia do pagamento da fatura.

Cartão Caixa Sim

Antes de mais nada, o Caixa Sim, é o mais novo lançamento da Caixa. Disponível nas bandeiras Elo ou Visa, veio para facilitar a vida de que está com nome negativado.

Isso acontece porque não há consultas no Serasa ou SPC, como na maioria dos bancos. Ademais, o cartão  oferece os benefícios que as bandeiras possuem, além de anuidade zero e taxas bem abaixo da média do mercado.

Por fim, é emitido nas agências da Caixa, com internet Bank. Está disponível, especialmente, aos maiores de 16 anos emancipados com renda própria e é uma das melhores opções no mercado para pessoas com condições diferenciadas.

Erros que você nunca deve cometer com seu cartão de crédito

Primeiro erro: não acompanhar o extrato do seu cartão de crédito

Você deve acompanhar sempre o extrato do seu cartão, por quê? Porque só assim você saberá se houve ou não alguma transação fraudulenta, se ele foi clonado!

E, além disso, se houve alguma cobrança indevida, como por exemplo: aqueles seguros que de vez em quando aparecem aí nos cartões de crédito, hein?! Outro ponto importantíssimo, ao acompanhar a fatura do seu cartãozinho de crédito é o que?

É sim o controle das suas finanças, porque quando você não acompanha diariamente, você acaba se esquecendo do que comprou e no momento que você esquece você pode sim extrapolar o seu orçamento e acabar se endividando.

Não queira se endividar com cartão de crédito, viu!

Segundo erro: pagar seguro de perda ou roubo do cartão

Muitas instituições vendem sim esse seguro de perda ou roubo do cartão, mas o que, essa empresa faz? Ela protege o cliente, ressarcindo de qualquer valor gasto por terceiros, após a perda ou roubo do cartão.

Esse seguro pode parece boa coisa, mas você não precisa pagar por ele. Por quê? Porque é direito do consumidor, garantido por lei, que qualquer compra que não seja realizado por você, você não é obrigado a pagar.

Então caso seu cartãozinho seja clonado, você não é obrigado a pagar, o que um terceiro gastou com ele. 

Terceiro erro: efetuar somente o pagamento mínimo

Este é um erro bem comum de se ter cometido.

Quando você paga qualquer valor menor do que o valor total da sua fatura, você estará entrando no crédito rotativo e aí salve-se quem puder!

Porque os juros são altíssimos, em média custa aqui no Brasil 15% ao mês, mais não é só isso tem também IOF adicional de 0.38% mais o IOF diário de 0.0082%.

Tem também os juros de mora, mais a multa por atrasado da sua fatura. Então vai virar sim, uma bola de neve.

Quarto erro: overlimit

O que, que é esse negócio de Overlimit?

É quando você extrapola o seu LI MI TE! Você usou todo o limite de crédito disponível no seu cartão de crédito “and” um pouquinho a mais ainda.

O que, que você está fazendo com a sua vida? Quando você extrapola o limitizinho do seu cartão de crédito o que acontece?

É cobrado uma tarifa por avaliação emergencial de crédito. Tem cartões de crédito que não tem está função do overlimit, da avaliação emergencial de crédito. Já tem outros cartões que você precisará da aprovação e em algumas situações você é aprovado e em outras situações você não é aprovado. 

Muitas pessoas já me comentaram, falaram que não entenderam essa tarifa que foi cobrada, pois é isso mesmo. Caso você queira gastar além do limite, será sim cobrada uma tarifa na maioria dos casos e não é barato!

Quinto erro: pagar contas

Quando você paga contas utilizando a função crédito do seu cartão de crédito, a sua conta sairá bem mais cara sim!

Aquelas continhas que já estamos bem acostumados, como: água, luz, telefone, tributos, boletos de cobrança e por aí vai. Cada banco cobra uma determinada tarifa por este serviço, então procure saber o que, que você terá que pagar, antes de utilizar está função. Por exemplo no Bradesco é cobrada uma tarifa de R$15 + juros + IOF adicional + IOF diário. Imagina quanto vai sair o pagamento das suas contas.

Então procure saber antes de sair pagando as contas com a função no cartão de crédito, beleza?!

Sexto erro: saques

A maioria dos bancos cobram tarifa quando você saca do seu cartãozinho de crédito e não é somente isso, cobram também juros, além do IOF (o imposto sobre operações financeiras).

No momento que você faz um saque com o seu cartãozinho de crédito o que o banco entende? Entende que ele está te concedendo um empréstimo. Por isso, que existem todas essas cobranças por trás.

Em média você pagará 20% mais caro por este dinheiro. Então foi lá, sacou R$ 100, vai pagar quanto? R$ 120, mas óbvio que cada banco tem uma cobrança diferente.

Então olhe bem e veja se realmente vale a pena sacar este dinheiro, porque ele custa muito CARO.

Mais Opções

Como fazer o cartão de crédito da Petrobras?

Próximo Cartão

Nubank ou Digio: Comparativo completo

Sobre o Estação

O Estação oferece respostas às suas dúvidas sobre cartões de crédito e contas digitais. O portal quer que você tenha certeza de que está tomando uma boa decisão. Siga o Estação no Google News.

Atenção: Para analisar pedidos de cartões de crédito, as políticas internas das instituições financeiras levam em consideração o perfil financeiro do consumidor. Por isso, é possível que um pedido seja negado em uma instituição financeira e aprovado em outra, já que cada uma usa critérios próprios para avaliação.

Mais opções para você