Checklist para viagens internacionais

Advertisement

Viajar, apesar de emocionante, pode ser um verdadeiro desafio logístico.

São tantos detalhes a considerar que é comum as pessoas se sentirem sobrecarregadas. Desde a escolha do destino até o retorno para casa, há uma série de questões que precisam ser abordadas: reservas de voos e acomodações, planejamento do itinerário, questões de saúde como vacinas e seguro viagem, além de aspectos culturais e de idioma que podem ser totalmente novos para o viajante.

A necessidade de estar preparado para imprevistos adiciona outra camada de preocupação. Essa avalanche de informações pode deixar até mesmo os viajantes mais experientes um pouco perdidos, tentando equilibrar a empolgação da viagem com a organização necessária para que tudo corra bem.

Por isso, neste artigo, vamos te ajudar a elaborar um check list para facilitar esse momento.

Continue por aqui e boa leitura!

Como fazer um check list de viagem?

Ao elaborar um checklist para viagens, a abordagem estratégica e dinâmica é fundamental. O planejamento pode variar consideravelmente de acordo com diversos fatores, como o destino escolhido, a estação do ano, a duração da viagem e se é um passeio entre amigos ou em família. Por exemplo:

Caso a viagem seja de 30 dias para um destino nacional com praias durante o verão, é essencial incluir na lista uma variedade de roupas leves e trajes de banho, protetor solar, documentos como RG e carteirinha do convênio de saúde, entre outros itens indispensáveis;

Por outro lado, se o destino for um local com neve, será crucial incluir na lista roupas mais robustas e quentes, documentos como passaporte, visto, comprovantes de vacinação, preparativos relacionados à moeda estrangeira e aquisição de um seguro viagem.

Além disso, traçar um roteiro detalhado para a viagem facilita a definição dos pontos turísticos a serem visitados, restaurantes, bares e parques a serem explorados. Essa programação ajuda na criação de um checklist mais abrangente e eficiente, adaptado às necessidades específicas de cada jornada.

Antes de viajar…

Preparar-se para uma viagem demanda atenção a diversos aspectos cruciais a fim de evitar surpresas indesejadas. Dentre os detalhes importantes estão:

Escolha do Destino

A decisão do local a ser visitado depende muito das suas preferências pessoais, seja por praias, clima seco, neve ou temperaturas frias. Cada destino requer uma preparação distinta; existem lugares, por exemplo, que exigem determinadas vacinas. Além disso, informar-se sobre o clima, cultura local e idioma é essencial.

Documentação

Após a definição do destino, é crucial verificar os documentos exigidos para a viagem. Em viagens nacionais ou para países sul-americanos, o RG costuma ser suficiente, exceto para Guiana e Suriname. Para destinos internacionais, como passaporte, comprovantes de vacinação e vistos são requisitos, caso sejam solicitados pelo país visitado.

Certifique-se de que seu passaporte e visto estão válidos durante toda a viagem, evitando qualquer possibilidade de expiração. Em alguns casos, a espera para obtenção de vistos pode chegar a quase um ano, então o planejamento antecipado é crucial para evitar imprevistos.

Duração da Viagem

A extensão da viagem tem impacto direto no checklist, demandando um planejamento mais minucioso em relação a roupas, finanças e locais a serem visitados.

Projeção de Gastos

Uma vez definida a duração, é possível calcular os gastos esperados para a viagem. Estipular um valor diário a ser gasto e multiplicá-lo pela quantidade de dias é uma maneira eficaz de fazer essa estimativa. Gastos essenciais incluem passagens aéreas, hospedagem, alimentação, transporte e passeios. É prudente reservar uma quantia extra para imprevistos durante a viagem.

O que levar para uma viagem internacional?

Preparar uma viagem dá sempre trabalho, mas preparar uma viagem internacional pode demandar ainda mais atenção e energia. Isso porque você estará longe de casa, em um local que fala outro idioma, que possui outros costumes e determinadas situações podem ser mais difíceis de se resolver.

Por esta razão, fazer um bom planejamento da viagem buscando contornar possíveis problemas, pode ajudar.

Fique de olho nos itens abaixo que devem entrar em seu check list de viagem:

·         Confira a validade do seu passaporte.

·         Verifique se o local a ser visitado precisa de visto e se está tudo ok.

·         Reserve o hotel com antecedência e tenha o comprovante da reserva,

·         Verifique a possibilidade de contratar um seguro viagem. Caso o seu cartão de crédito ofereça essa opção, pode ser uma boa alternativa.

·         Abra uma conta global ou compre moedas do país a ser visitado,

·         Tenha todos os seus documentos digitalizados em nuvem,

·         Verifique se as vacinas estão em dia e se o local a ser visitado exige alguma vacina específica,

·         Não se esqueça de conferir se a sua mala está com o peso permitido pela companhia aérea.

O que levar na mala?

Para viajar, você tem a opção de mala de mão e mala despachada.

Veja o que você pode levar em cada uma delas:

Mala de mão

·         Documentos e comprovantes,

·         Remédios e receitas,

·         Uma muda de roupa para casos imprevistos,

·         Carregadores e dispositivos eletrônicos,

·         Itens de higiene pessoal,

·         Fone de ouvido, máscara para dormir, travesseiro.

Mala despachada

·         Demais roupas e sapatos que você usará na viagem,

·         Toalha de banho,

·         Roupas íntimas,

·         Acessórios,

·         Adaptador de tomadas é sempre bem vindo,

·         Não se esqueça de trancar sua mala com um bom cadeado e colocar uma etiqueta de identificação.

O que não pode ser levado na mala em viagens internacionais

·         Líquidos em quantidades superiores a 100 ml,

·         Produtos químicos perigosos e inflamáveis,

·         Armas de fogo, munições e explosivos,

·         Produtos de origem animal ou vegetal sem autorização prévia,

·         Drogas ilegais e substâncias controladas,

·         Medicamentos em quantidade excessiva ou sem receita médica,

·         Alimentos perecíveis ou não processados,

·         Objetos cortantes ou pontiagudos.

Conta Global

Criar uma conta global para viagens internacionais é uma estratégia ideal por vários motivos. Primeiramente, essa conta segregada proporciona uma visão clara e separada das despesas específicas da viagem, permitindo um controle mais preciso dos gastos enquanto se está no exterior. Além disso, possibilita a conversão direta da moeda local para a estrangeira, ajudando a evitar taxas de câmbio desfavoráveis e simplificando transações financeiras em diferentes países. Uma conta global também oferece mais segurança, ao limitar a exposição das finanças pessoais, uma vez que não está diretamente ligada à conta principal. Isso pode ser especialmente útil em caso de extravio do cartão ou problemas com transações. Essa separação financeira proporciona conveniência e tranquilidade ao viajante, garantindo um controle mais eficaz dos gastos durante toda a jornada internacional.

Deixe este post salvo para consultar na hora de planejar sua viagem.

Até o próximo artigo!