Juros do cartão a 875% ao ano? Entenda o porquê

Autor: Estação

Atualização:


Veja porque as compras com cartão de crédito merecem sua atenção
Juros do cartão a 875% ao ano

Uma análise dos juros no cartão de crédito realizada pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste) constatou uma variação de 143% a 875% ao ano. De acordo com o diretor da Associação, Henrique Lian, é necessário se atentar ao realizar compras com o cartão de crédito. “Nem sempre as instituições digitais, bancos digitais e fintechs, têm os menores encargos e taxas. Encontramos os menores encargos em uma instituição digital, mas também encontramos os maiores encargos em uma instituição digital”, afirmou o diretor. 



Além disso, Lian também sinaliza que a taxa de juros, baseada na Selic, é o que as instituições usam para atrair o consumidor. Entretanto, elas postergam as taxas de contratação, administração, IOF e os seguros, que também formam o encargo de um cartão de crédito.

O diretor da Proteste volta a alertar o consumidor sobre o bom senso na hora de usar os produtos dos cartões de crédito, que, mesmo trazendo muitas facilidades para a vida do consumidor contemporâneo, requerem cautela. “Limite de crédito no seu cartão não é extensão de renda, não é algo que se pode gastar além do que já se ganha todo mês. Aquilo que o consumidor compra e não consegue quitar no vencimento da fatura, ele não deveria ter comprado. Pode usar em uma emergência, rotativo, parcelamento, quitando a dívida no cartão tão logo seja possível, ainda que seja preciso contratar outra dívida menor para quitar o cartão de crédito.”

Mais Opções

Como fazer PIX parcelado? Veja como funciona

Próximo Cartão

Como estornar uma compra no cartão de crédito?

Sobre o Estação

O Estação oferece respostas às suas dúvidas sobre cartões de crédito e contas digitais. O portal quer que você tenha certeza de que está tomando uma boa decisão. Siga o Estação no Google News.

Atenção: Para analisar pedidos de cartões de crédito, as políticas internas das instituições financeiras levam em consideração o perfil financeiro do consumidor. Por isso, é possível que um pedido seja negado em uma instituição financeira e aprovado em outra, já que cada uma usa critérios próprios para avaliação.

Mais opções para você