Empreendedorismo na terceira idade: confira as dicas do Sebrae

Autor: Estação

Atualização:


Fique por dentro das melhores dicas

De acordo com o Sebrae, em 2020, 1,9 milhão de donos de pequenos negócios tinham mais de 60 anos, em um levantamento que considerou uma amostragem de 25 milhões de empresas do mesmo tipo.



A instituição afirma que o empreendedorismo tem sido “um caminho escolhido por brasileiros da terceira idade” para ter “uma vida mais ativa, inclusive após a aposentadoria”.

Além disso, o empreendedorismo também é uma alternativa para remediar a inadimplência que afeta essa faixa etária.

Foi pensando no crescimento desse público no ramo do empreendedorismo, que o Sebrae publicou as seguintes dicas:

  • Use sua experiência

As habilidades adquiridas pelos trabalhadores da terceira idade podem ser aproveitadas para gerir a empresa e tomar decisões, aumentando as chances de sucesso.

Porém, é importante estar sempre em contato com os outros para melhorar a empresa, evitando certezas enraizadas e inflexíveis.

  • Invista em capacitação

A consciência de que é sempre possível melhorar e aprender mais é muito importante. Por isso, especialize-se na área do seu negócio, faça cursos e participe de eventos (seminários, feiras e exposições) relacionados ao empreendimento.

  • Networking

A rede de contatos formada ao longo dos anos de trabalho pode ser fundamental para empreender. Muitas vezes, esses empreendedores já tiveram a oportunidade de conhecer fornecedores, concorrentes, clientes e consultores.

O relacionamento com essas pessoas pode abrir portas e aumentar as chances de sucesso.

Lembre-se de que uma boa gestão financeira é essencial para a manutenção dos negócios.

Boa sorte!

Mais Opções

O que é inadimplência? Como evitá-la?

Próximo Cartão

Jovens, precisamos falar sobre investimentos

Sobre o Estação

O Estação oferece respostas às suas dúvidas sobre cartões de crédito e contas digitais. O portal quer que você tenha certeza de que está tomando uma boa decisão. Siga o Estação no Google News.

Atenção: Para analisar pedidos de cartões de crédito, as políticas internas das instituições financeiras levam em consideração o perfil financeiro do consumidor. Por isso, é possível que um pedido seja negado em uma instituição financeira e aprovado em outra, já que cada uma usa critérios próprios para avaliação.

Mais opções para você