Crediário Digital chega competindo com o Cartão de Crédito

Autor: Estação

Atualização:


A opção de pagar utilizando crediário digital parece ser mais vantajosa aos consumidores do que o cartão de crédito
Crediário Digital

O crediário digital, baseado na ideia de “Buy Now Pay Later” (BNPL) – em tradução livre, “Compre Agora Pague Depois”- foi desenvolvido pelo empreendedor Pedro Noll, após observar os métodos de pagamento utilizados na Europa. O BNPL funciona de modo a permitir pagamentos a prazo, sem que haja comprometimento de limites ou mesmo a necessidade de um cartão de crédito. É como se fosse um carnê mensal com todo um suporte digital.



Como funciona o Crediário Digital?

Esse meio de pagamento tem como objetivo conectar fintechs (empresas que introduzem inovações tecnológicas nos mercados financeiros)  e bancos a consumidores interessados em um empréstimo pessoal. Assim, não é necessário ter uma conta bancária para utilizá-lo. 

As estimativas atuais, levantadas pela Fintech Partners, apontam que 2,1% das transações eletrônicas utilizam o crediário digital, e a expectativa é que esse número seja dobrado até 2025, tornando esse novo método uma alternativa aos cartões de crédito.

Crediário Digital no Brasil

Adotado por Pedro Noll, o crediário digital foi inicialmente utilizado como forma de pagamento em um empreendimento, à época, de recente inauguração. De acordo com o empresário, essa estratégia foi como descobrir o mapa de uma mina de ouro.

Então, em 2018, Noll fundou a BoletoFlex, uma companhia de tecnologia que tem como objetivo ampliar a oferta de formas de pagamento aceitas por pequenas e médias empresas.

Mesmo com a proposta de implantar o BNPL no Brasil e, assim, antecipar uma tendência, o negócio demorou a atrair clientes, sendo a varejista online Mobly a primeira a aderir ao sistema, o que só ocorreu 12 meses após o início da BoletoFlex.

Entretanto, atualmente, a empresa fundada por Noll tem em seu portfólio grandes lojas como CVC, Multilaser e Positivo. Os faturamentos em 2021 chegaram aos R$30 milhões.

Mais Opções

De onde vem o aumento dos lucros da Visa e da Mastercard?

Próximo Cartão

Qual é o melhor programa de pontos?

Sobre o Estação

O Estação oferece respostas às suas dúvidas sobre cartões de crédito e contas digitais. O portal quer que você tenha certeza de que está tomando uma boa decisão. Siga o Estação no Google News.

Atenção: Para analisar pedidos de cartões de crédito, as políticas internas das instituições financeiras levam em consideração o perfil financeiro do consumidor. Por isso, é possível que um pedido seja negado em uma instituição financeira e aprovado em outra, já que cada uma usa critérios próprios para avaliação.

Mais opções para você