Conta de energia elétrica fica até 20% mais cara

Autor: estação

Atualização:


Diante de mais um aumento na conta de energia elétrica, pagar com cartão de crédito pode ser uma opção

Para o desespero da maioria dos brasileiros, a TR Soluções, empresa responsável pela tarifa de energia elétrica, anuncia que a conta poderá sofrer reajuste de até 20% ainda em 2022.



Vale ressaltar aqui que o cálculo da TR Soluções não leva em consideração a bandeira e muito menos os impostos cobrados. Aliás, os impostos são diferentes para cada estado e isso faz com que esse aumento fique ainda mais assustador aos olhos dos brasileiros.

Sendo assim, de acordo com a empresa, o Nordeste brasileiro terá contas de energia 17% mais cara.

Minas Gerais, estado brasileiro com maior número de impostos, é quem mais sofre. A conta ficará 20% mais cara.

No Norte, a conta será 10% mais cara.

Por fim, o Sul do Brasil será a região de menor impacto, tendo aumento de apenas 3% nas contas de energia elétrica.

No entanto, independentemente da região, devido aos impostos, qualquer reajuste torna-se expressivo.

Pagamento de contas pelo cartão de crédito

Diante dessas circunstâncias, cresce o número de brasileiros que pagam as contas utilizando o cartão de crédito para ter um respiro.

É possível pagar contas, como a de energia elétrica, por meio do cartão de crédito. Mas antes de realizar o pagamento com seu cartão, é recomendável verificar junto ao banco emissor do mesmo, se a transação é disponibilizada.

Bancos como Nubank, Itaú, Bradesco, Caixa, Brasil, Santander e Mercado Pago já oferecem essa possibilidade aos seus clientes.

Pagar com cartão de crédito é a melhor alternativa?

Nem sempre e entenda por que!

Apesar da maioria dos bancos oferecerem essa possibilidade aos clientes, ela não é vantajosa devido a cobranças de juros e impostos.

Ao pagar sua conta de energia elétrica com cartão de crédito você fica sujeito à cobranças de taxas, IOF e juros. Além disso, saiba que nesse caso, se você acumula pontos e milhas, este pagamento não é elegível. Ou seja, não pontua e não te ajuda a acumular milhas.

Para saber quais as taxas e impostos cobrados pelo seu banco, consulte o CET (Custo Efetivo Total). Essas informações ficam disponíveis pelo app ou site oficial da instituição. As tarifas podem variar de banco para banco e também de acordo com as categorias dos cartões.

Sendo assim, dependendo do valor da conta, o pagamento não é vantajoso.

Aliás, é recomendável utilizar esse recurso somente nos casos de não haver dinheiro no dia do vencimento da conta. Assim você paga a conta utilizando o cartão para evitar a inadimplência.

Mas antes de tomar essa decisão, avalie as taxas cobradas em seu banco e em seu cartão e faça a melhor escolha!

Resumo da Notícia
Conta de energia elétrica fica até 20% mais cara
Título
Conta de energia elétrica fica até 20% mais cara
Descrição
Diante de mais um aumento na conta de energia elétrica, pagar com cartão de crédito pode ser uma opção
Autor
Portal
Notícia
Assinatura
Mais Opções

Quanto rende 1.000 reais no Nubank por mês?

Próximo Cartão

Preço da gasolina sobe mais uma vez e assusta brasileiros

Sobre o estação

O Estação oferece respostas às suas dúvidas sobre cartões de crédito e contas digitais. O portal quer que você tenha certeza de que está tomando uma boa decisão. Siga o Estação no Google News.

Atenção: Para analisar pedidos de cartões de crédito, as políticas internas das instituições financeiras levam em consideração o perfil financeiro do consumidor. Por isso, é possível que um pedido seja negado em uma instituição financeira e aprovado em outra, já que cada uma usa critérios próprios para avaliação.

Mais opções para você

Buscando cartão