Como se preparar para as despesas do início do ano?

11/12/2020 às 17:09
Publicidade Apesar do ano ser novo, os boletos são os mesmos. E as despesas do início do ano costumam ser maiores do que no meio dele, afinal é tanto imposto e contas que precisam ser pagas que é fácil perder…

Publicidade

Apesar do ano ser novo, os boletos são os mesmos. E as despesas do início do ano costumam ser maiores do que no meio dele, afinal é tanto imposto e contas que precisam ser pagas que é fácil perder o controle.


Publicidade

Por isso, confira agora como se preparar para esses gastos!

O que não pode faltar no seu orçamento

O fim de ano é sempre uma época reflexiva, de introspecção e de novos planos daquilo que queremos de nossa vida no ano que se inicia. Além das resoluções pessoais, precisamos nos atentar às despesas do início do ano, que são várias.


Publicidade

Nesse sentido, não esqueça de considerar em seu orçamento as despesas com: IPVA, IPTU, DPVAT (seguro obrigatório para donos de veículos), imposto de renda, matrícula escolar, compra de materiais escolares, prestações das contas de natal e ano-novo, seguros e os gastos com o carnaval.

Além dos gastos mensais normais, tipo mercado, lazer, assinaturas online, aluguel, etc.

Esteja sempre preparado

O controle das finanças deveria ser uma atividade comum de todos os mês. Devido à correria de nossas vidas e o estresse, muitas vezes esquecemos ou evitamos lidar com nosso dinheiro. Como as despesas do início do ano costumam ser maiores, vem o desespero e a necessidade do planejamento.

Contudo, se cuidarmos do nosso dinheiro mês a mês, o estresse de não saber se seu salário será capaz de pagar todas as despesas do início do ano será inexistente.

Por isso, busque sempre anotar seus gastos e crie metas ou limites para cada. Assim, ao fazer controle mensalmente, você conseguirá segurar os excessos antes que se tornem um problema.

Aliás, um erro muito comum no orçamento é esquecer de incluir datas comemorativas. Ou seja, não considerar gastos com carnaval, presentes de aniversário e presentes de feriados como Dia dos Pais e das Mães.

De mesmo modo, como Gustavo Cerbasi, um dos maiores educadores financeiros do Brasil, explica que “pequenos ajustes [como economizar na conta de energia] surtem resultados por pouco tempo.

Grandes ajustes dão mais trabalho, mas tendem a trazer benefícios por mais tempo”.

Portanto, aproveite o período de reflexão no fim de ano para repensar seu estilo de vida e buscar ser mais intencional em seus gastos.

Como se preparar para as despesas do início do ano?

#1 Comece resolvendo suas dívidas

Dentro das despesas de início do ano é comum as famílias terem diversas dívidas a serem pagas.

Portanto, resolvê-las primeiro é essencial para desafogar o orçamento pro resto do ano. Há diversas formas de fazer isso, dependendo do tamanho a melhor saída seja a negociação.

Em despesas mais “gerenciáveis”, é possível adotar a estratégia de trocar uma dívida cara por uma mais barata.

Assim como pode ser benéfico priorizar pagar as dívidas menores, para que isso te dê um “gás” na motivação e você perceber que é sim possível sair dessa situação.

#2 Saiba que é possível economizar, mesmo gastando

Sim! Mesmo com as despesas de início de ano você pode economizar ao utilizar seu cartão de crédito.

Assim, monte seu orçamento considerando todos os gastos que mencionamos no início e veja o que pode ser economizado.

Por exemplo, ao usar um cartão com cashback você economiza na sua fatura. Bem como os gastos rotineiros é possível ter vários descontos com um cartão que tenha os benefícios.

Dentre as opções, o cashback Méliuz é um dos mais interessantes.

A Méliuz é uma plataforma gratuita de cupons de desconto e cashback que vem se popularizando cada vez mais.

Um dos seus grandes destaques é o cartão Méliuz que te dá até 1,8% de cashback em todas as suas compras.

Aliás, o cartão de crédito Méliuz também é gratuito, da bandeira Mastercard e emitido em parceria com o Banco Pan.

#3 Tenha metas claras e realizáveis

Quando estabelecendo as metas para as despesas de início de ano é importante não ser genérico, como “economizar no mercado”.

Além disso, não ache que de uma hora para outra você se tornará a pessoa mais econômica do mundo.

Por isso, crie metas palpáveis e claras, pois ser radical e querer cortar tudo apenas te desmotivará e você irá desistir do plano em pouco tempo.

#4 Crie uma fonte de renda extra

Por fim, é um bom momento de pensar em criar uma renda extra. Assim, você evita que as despesas de início de ano pesem no seu orçamento.

Há diversas coisas que podem ser feitas, como afiliado digital, vender roupas que você tenha em bom estado e não usar mais, fazer bolo de pote.

Enfim, pense em uma habilidade ou algo que você tenha e dê para vender.

Com essas dicas você conseguirá ter mais controle das finanças. Assim, é importante também pensar em como investir seu dinheiro, e temos esse artigo para te ajudar.

Melhor cartão para controle financeiro: Catão SX Santander

Pelo aplicativo do Santander é muito fácil controlar seus cartões de crédito e finanças.

Ah, lembrando que o aplicativo Santander é para correntista. Caso você tenha algum cartão do banco, mas não possui conta corrente, você poderá fazer o acompanhamento do cartão de crédito através do aplicativo Santander Way.

Através da funcionalidade “Meu Bolso” você pode acompanhar as entradas e saídas, histórico de gastos, fazer comparativos entre outros. Também é possível estabelecer meta de gastos, assim você consegue controlar melhor o orçamento mensal. O limite do cartão de crédito também pode ser alterado dentro do aplicativo.

Outra coisa interessante é o Radar CPF, que você pode ver sua situação financeira no Serasa, Receita Federal e Banco do Brasil através do app.

No aplicativo do Santander, assim como nos outros comentados, também é possível fazer investimentos.

Mais Opções

Bradesco anuncia novo cartão: Like Visa

Próximo Cartão

Quais são os cartões de crédito com aprovação imediata?

Mais opções para você

Buscando cartão

0