Como saber se estou negativado?

Publicidade

Para verificar se está com o nome sujo na praça, basta entrar no site do Portal Boa Vista Consumidor Positivo, selecionar a opção ‘Consulta de Débito’ e, caso ainda não possua cadastro no site, realizar a inscrição rapidamente.

Já há algum tempo que o Serasa criou o Programa Serasa Limpa Nome, com o intuito de dar a chance para quem estiver negativado poder sair dessa situação e limpar o nome.


Publicidade

O Serasa aconselha primeiro que a pessoa conheça a dívida para em seguida poder renegociá-la. Então vamos lá fazer a consulta do CPF gratuitamente no Serasa Consumidor.

Para tanto é preciso:acessar o site www.serasa.com.br

. digitar o número do CPF na tela inicial e pressionar em “Consultar Agora”,

. preencher o cadastro, caso seja o seu primeiro acesso.

A partir daí será solicitado a você informações como:

  • CPF,
  • nome completo,
  • data de nascimento,
  • e-mail e
  • uma senha.

Em seguida, faça a verificação que poderá ser duas para receber um código: e-mail ou SMS no celular. Escolha uma delas e confirme.

Após fazer a confirmação, digite o código recebido e clique em “Confirmar código”.

A partir daí você saberá se está ou não negativado e qual é o valor de sua dívida. 

Como limpar meu nome?

Depois de você consultar o CPF e verificar que tem alguma dívida em seu nome, o sistema indicará quanto e para quem está devendo. 

Para isso, basta seguir um breve passo a passo:

  • acesse o site do Serasa Limpa Nome, digite o seu CPF e pressione em “consultar”,
  • use a mesma senha criada para consultar seu Serasa Score,
  • confira as suas dívidas e escolha a melhor opção de negociação para você,
  • siga os passos de negociação
  • pressione em gerar o boleto

Em seguida, realize o pagamento. Viu como é fácil?

Depois é só aguardar o período de 5 dias úteis após o pagamento, para que a empresa dê baixa em sua dívida e o seu nome volta a ficar limpo.

A empresa também vai lhe entregar um recibo de que o valor foi quitado.

Além disso, o Serasa também oferece uma boa oportunidade para quem quer limpar o seu nome no Feirão Limpa Nome do Serasa.

É possível ter cartão de crédito com nome sujo?

Há muitas instituições de cartões que dispensam consulta ao SPC e Serasa, que não exigem comprovação de renda nem mesmo abertura de conta em banco.

Na verdade, essas instituições usam dois recursos infalíveis que garantem a elas o pagamento da fatura do cartão de crédito.

  1. cartão de crédito pré-pago e
  2. cartão de crédito consignado.

Aos consumidores que têm em vista a busca por cartões pré-pagos, o Serasa faz algumas advertências, como a avaliação de todos os custos, especialmente em relação:

  • aos termos de adesão
  • às recargas
  • aos saques
  • às mensalidades, em razão do custo/benefício

É preciso que saiba que muitas vezes os valores para se obter um cartão pré-pago saem bem mais alto do que o valor de sua dívida.

Talvez a opção mais viável seja mesmo um cartão de débito.  Assim, você faz a recarga, paga – nem que seja aos poucos – sua dívida e pronto acabou. Não fica devendo nada!

Em contrapartida, se você é um aposentado, pensionista ou servidor público, já entra com ampla vantagem.

Primeiro porque, apesar de estar negativado, tem um salário mensal certo e garantido.

Bem diferente daquela pessoa que além de estar negativada, pode também estar desempregada.

Com isso, você oferece segurança. O banco pode sim lhe emprestar o dinheiro, já sabendo de antemão que todo mês poderá “receber” a quantia retirando do seu salário as parcelas.

Veja só a listinha que preparamos para você de alguns bancos e fintechs que oferecem cartão pré-pago a negativados:

Cartão pré-pago Acesso: recarregável, digital e 100% online

Cartão BMG: é consignado sem consulta ao SPC/Serasa e oferece os menores juros do mercado e sua anuidade é gratuita

Cartão Caixa Simples: é cartão consignado no qual parte do valor da fatura é descontada automaticamente no benefício.

Se você está realmente empenhado  em ter um cartão de crédito, aconselhamos a ir bem devagar.

Sabemos como é bom fazer uma compra pela internet, num mês mais apertado poder parcelar uma compra, mas sempre vá com calma.

Pague seu débito aos poucos, como também, vá ao Serasa, negocie.

Certamente você ficará muito mais satisfeito.

Nubank lança cartão de crédito para quem tem o nome sujo

Neste mês, o Nubank anunciou o cartão de crédito roxinho sem limite pré-aprovado, podendo-se adicionar valores para serem usados como limite, a quem quer ser cliente NU.

São vários os motivos que não deixam parte da população ter acesso a um cartão de crédito em um banco ou instituição financeira. Por isso, o Nubank lançou esta nova modalidade.

De acordo com a fintech, “cartão para adicionar limite ajuda” justamente (e não só) essas pessoas.

A proposta é que ele seja como uma porta de entrada para quem nunca teve um cartão de crédito e também para quem está (ou já esteve) negativado – assim, os usuários podem construir um histórico de crédito que aumenta as chances de conseguir um cartão com limite pré-aprovado.

“Esta deve ser a primeira experiência com um produto nos moldes do cartão de crédito convencional, que permite compras em qualquer tipo de estabelecimento presencial ou online’, diz Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank”.

Essa nova forma de cartão funciona da seguinte maneira: o cartão é sem limite pré-aprovado.

Daí, o cliente vai até o aplicativo do Nubank, pressiona a função “adicionar mais limite” e insere o valor desejado.

A partir desse momento é que o limite será liberado.

Caso o cliente queira usar mais do que ele depositou, basta fazer mais depósitos.

A matemática é simples: o cliente, por exemplo, deposita R$500. Dessa forma seu limite será de R$500, correto? Se, por ventura, o cliente comprar uma mercadoria no valor de R$100, seu limite a partir de então será de R$400.

Ao chegar no dia do vencimento da fatura, o cliente paga os R$100 e o limite de seu cartão volta a ser de R$500.

Outra coisa, o cliente pode fazer depósitos no valor que puder e quantas vezes quiser. 

Mas é bom ficar atento com os gastos para não ultrapassar o limite depositado. 

Bem, estou aqui lhe passando essas informações e você deve estar aí pensando:

“Ora, qual razão desse depósito, se eu tenho esse dinheiro?”

Aí, eu deixo para o Nubank lhe responder:

“Essa é uma forma de começar a construir um histórico de crédito no Nubank. Dessa forma, podemos conhecer melhor seus hábitos financeiros e liberar um limite de crédito pré-aprovado no futuro. E assim, conseguir um cartão de crédito roxinho.”

Quase 30% dos pedidos de empréstimo on-line em 2020 foram para pagar contas básicas

A Agência Brasil informa que o número de brasileiros com dívidas cresceu no fim de 2020.

Segundos dados do site e da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo – CNC, “após três reduções seguidas, o número de brasileiros com dívidas voltou a subir no último mês de 2020.”

Embora a situação pareça desanimadora, há certo investimento do brasileiro em “sanar” seu endividamento.

Sabemos que o ano de 2020 não foi fácil para ninguém.

Além de uma pandemia que pôs o mundo em suspense, tivemos que lidar com aumento de preços e com o desemprego.

De forma que muitos ficaram com a conta no vermelho e alguns até desempregados.

Mas, na contramão desse quadro super desolador, há muitas perspectivas para o ano que se iniciou.

Prova disso é que há uma busca tremenda de brasileiros por quitação de dívidas.

Sites especializados no assunto apresentam índices bastante positivos, acerca desta intenção.

Por exemplo, num quadro de aproximadamente 1.600 negativados, entre 23 a 55 anos, mais da metade tem o desejo de pagar seus débitos. 

Ou seja, o problema não é a falta de compromisso, tampouco o descaso com as negociações, simplesmente, o país, e não digo tão-somente o Brasil, passa por uma crise real.

O desemprego aumentou, o salário estagnou ou diminuiu.

Esses são dois fatores relevantes, quando se trata de endividamento da pessoa.

Segundo especialistas, há duas atitudes que devem nortear a todos que porventura estejam aí com o nome sujo ou no vermelho.

A primeira delas é fazer um planejamento de tudo dentro de casa ou da empresa: o que é essencial, o que não pode deixar de pagar de jeito nenhum e o que é secundário, ou por ter juros menores, ou por ser alguém ou alguma empresa que negociando pode estender o prazo.

A segunda, pode ser mais difícil, é ter educação financeira.

Todo indivíduo que aprende a lidar com as finanças geralmente também sabe fazer negociações, empréstimos e prospera.

Para tanto é imprescindível fazer um limite de orçamento, estabelecer o que pode ser gasto e o que pode esperar.

Gostou das dicas?

Se gostou, fale com a gente. Se não, fale assim mesmo, aprendemos demais com todos.

O Estação Notícia é um site que se preocupa demais com a situação financeira de todos os brasileiros.

Somos uma empresa que privilegia a informação clara, precisa, honesta.

Sempre que tiver alguma dúvida ou estiver aí pensando num cartão novo para expandir seu poder de compra, busque aqui as informações.

O Estação Notícia respeita o seu leitor.

Por isso, NUNCA iremos lhe pedir nenhum tipo de documento.

Nossa missão, nosso desejo é tão-somente informar, para assim deixá-lo mais seguro, mais tranquilo e mais informado.

Pode ser que numa roda com amigos, num bate-papo nas redes sociais você possa ajudar um amigo e nos indicar.

Essa atitude certamente vai mostrar o tanto que você gosta: de ajudar e é bem-informado.

O Estação Notícia agradece.

Mais Opções

Novo cartão de crédito sem anuidade Neon para MEIs 

Próximo Cartão

Existe cartão de crédito sem limite?

Mais opções para você

Buscando cartão

0