Como garantir minha aposentadoria?

Publicidade

Atualizado: 13 julho de 2021 às 15:07
Publicado: 15 abril de 2021 às 15:30
Para a aposentadoria, o investimento mais indicado é o Tesouro IPCA. Ele é do tipo pós-fixado e rende de acordo com a soma da taxa de juros pré-fixada e a variação da inflação no período.

A aposentadoria é um assunto que envolve cerca de 35 milhões de beneficiários urbanos e rurais, de acordo com o INSS.


Publicidade

E sabemos que ter um plano que possa garantir nossa renda é sempre bem-vindo. 

Se você vai se aposentar ou já é aposentado e quer conhecer um pouco mais sobre investimentos e qual a melhor forma de investir, fique aqui com a gente.

Em primeiro lugar e levando em conta suas possibilidades e de acordo com o seu perfil de investidor, saiba que o mercado oferece opções bastante interessantes.

A propósito, a previdência privada é a primeira aplicação que muitos procuram, visando à aposentadoria. Mas será que realmente é uma boa opção? 

Por isso que reuni neste post informações básicas e importantes, especialmente, para você que já é aposentado e quer agora investir. 

Para início da nossa conversa, quero te contar um causo.

Certa vez, um amigo me disse que assim que se aposentou passou a se dedicar a escrever, chegou até a publicar. 

Ele me disse que tomou essa iniciativa por já estar com a vida relativamente segura, pois tinha sua casa, seu carro e o benefício mensal. De forma que queria dedicar seu tempo à literatura.

No momento da conversa parabenizei-o e de fato achei uma opção legal para curtir a aposentadoria.

Mas, depois questionei meu amigo:

– Ô cara, já que possui esta segurança, nada te impede de investir seu capital.

Meu amigo continuou calado. Daí continuei:

– Aposentadoria não é salário, é um benefício que você merece, por ter trabalhado muito para conquistá-lo. Por que não investir?

E fiquei a esperar pela resposta. 

Depois de um tempo, meu amigo olhou pra mim. Na hora, vi que sua expressão mudou, parecia que uma ideia maravilhosa nascia ali e, naquele momento, ele me disse:

– Gostei, você está certo, quero sim fazer meu dinheiro render, e já que você conhece muito sobre o universo de  investimentos, diz aí pra mim, o que é precioso fazer?

Claro que depois disso nossa conversa rendeu horas intermináveis. 

E é sobre esse bate-papo que eu também quero ter com você. Assim como meu amigo, você também quer ver seu dinheiro crescer, não é?

Pois então, fique comigo que agora você vai conhecer os melhores investimentos e garantir de vez uma aposentadoria tranquila e rendosa.

Quando o assunto é aposentadoria e investimentos, conheça as aplicações mais conhecidas: 

Previdência PrivadaTesouro Direto

Mas qual dela vai se adequar ao meu perfil? e como se deve programar financeiramente para o futuro?

O Tesouro Direto trata-se de um título público no qual os investidores “emprestam” dinheiro ao governo e, em troca, recebem uma rentabilidade. 

Já a Previdência Privada é interessante, à medida que se torna uma sucessão patrimonial, e um produto transferido imediatamente aos herdeiros sem entrar em inventário.

Já sei o que está a pensar, fique tranquilo, porque nunca é tarde para dar início à sua aposentadoria privada. 

Todavia, atenção aos formatos PGBL ou VGBL, e aos regimes regressivo ou progressivo. Vamos lá.

Quem realiza declaração de imposto de renda no modelo completo deve optar pelo PGBL, pois assim poderá abater da base de cálculo de imposto até 12% da sua renda tributável. 

Já para quem faz a opção pelo modelo simples, deve ficar com o VGBL.

Sobre o regime regressivo, é importante priorizar pessoas que iniciam o investimento ainda jovens, em longo prazo, assim podem usufruir da alíquota decrescente. 

Por outro lado, o investimento em curto prazo, para quem está próximo a receber o benefício, é bom optar pelo regime progressivo.

LCI e LCA

LCI  – Letra de Crédito Imobiliário e a LCA – Letra de Crédito do Agronegócio são dois tipos de investimento em renda fixa, isentos de Imposto de Renda que garantem retornos bem superiores ao da caderneta de poupança.

No Banco do Brasil, o LCA é remunerada por um percentual do CDI, que é uma taxa de juros bancária que flutua muito próximo da Selic que, hoje, está em 6,5% ao ano.

Já a LCI com um mínimo de R$ 500,00 e juros a 74% do CDI, com vencimento em 2 anos, gera liquidez após o prazo de 90 dias.

A LCI é uma boa opção para quem quer investir em aplicação sem cobrança de Imposto de Renda e que, até R$ 250 mil, é completamente segura, independentemente da instituição emissora desse título.

Imóveis via Fundos Imobiliários

O investimento em imóveis, é uma possibilidade para os que prezam pela segurança e que gostam de ter certa previsibilidade. 

Comprar imóveis na planta, certamente é uma forma de adquirir bens que tenha potencial para valorizar. 

É possível que você possa investir em imóveis residenciais e/ou comerciais, especialmente se for usar o imóvel para alugar ou arrendar. 

Além da renda mensal, você se sentira mais tranquilo. 

Fundos de investimentos

Se você tem alma de bandeirante, vai gostar de explorar novos terrenos com risco mínimos.

É o caso dos fundos de investimento. Quer conhecê-los?

Os fundos de investimentos são estruturas formalizadas de investimento coletivo. 

Os ativos podem incluir títulos públicos, cambiais e de renda fixa, fundos imobiliários, ações e commodities, entre outros. 

Se o fundo for diversificado, os riscos são menores para quem participa.

Por um lado, os fundo de investimentos são simples, por conseguinte, adequados a quem deseja sair da poupança e, como um bandeirante, aventurar-se em novas aplicações.

Por outro lado, existem os fundos sofisticados, para quem já está habituado ao mercado financeiro.

Ações: são investimentos indicados para a composição da aposentadoria, em especial, as boas pagadoras de dividendos.

Os dividendos são parte do lucro que é distribuído aos acionistas como valor em conta corrente, de acordo com a quantidade de ações que o investidor possui em custódia.

Vale ressaltar a importância de você saber e reconhecer todos os riscos, nunca subestimando-os, uma vez que as ações são ativos de renda variável.

Assim sendo, não se esqueça de que ações são uma participação na propriedade de uma empresa. Ou seja, ações representam um direito aos ativos e aos lucros da empresa. À proporção que você adquire mais ações, sua participação acionária na empresa torna-se maior.

Só mais uma coisinha, uma dica bem pequena:

Pense bastante sobre o que você realmente deseja, qual é o seu montante, quais são seus interesses, prazos e até onde pode “segurar” um risco. 

Assim como meu amigo, tenha uma pessoa para trocar ideias, seja o gerente de seu banco, um amigo ou a gente aqui do Estação Notícia.

Quando assunto é financeiro, você sempre vai encontrar produtos com ótimos retornos para sua aposentadoria.

Nunca se esqueça da famosa frase de  Warren Buffett –  um dos investidores mais importantes e ricos do mercado financeiro:

Regra número 1: nunca perca dinheiro. Regra número 2: não se esqueça da regra número 1” .

Até a próxima, minha gente.

Programa Vai de Visa
Mais Opções

Conta digital Zap

Próximo Cartão

C6 Bank continua com aumento de limites em massa e aprovação fácil

Mais opções para você

Buscando cartão

0